bloqueador --> bloqueador

Piloto sofre queda de Parapente em São Domingos do Prata


Após a queda de um piloto de parapente numa área de difícil acesso na Serra Rampa da Pedra da Baleia, os Militares do Corpo de Bombeiros contaram com apoio da equipe do BOA (Batalhão de Operações Aérea).

O piloto de parapente participava do 12º Encontro de Voo Livre, que fazia parte do evento de comemoração da Festa de São Domingos de Gusmão e 125º aniversário de São Domingos do Prata, realizado desde o 31 de julho e vai até 4 de agosto. A equipe Aérea partiu de uma base em Belo Horizonte com destino a cidade de São Domingos do Prata para realizar o resgate da vítima que estava em um local que era de difícil o acesso por terra. Ao chegar ao local à equipe aérea fez uma avaliação do local através do sobrevoo e aproximação da Pedra da Baleia, onde iniciaram o resgate da vítima no qual os bombeiros somente sabiam ser do sexo masculino e que era um piloto de parapente.

A aeronave se posicionou sobre onde o piloto estava caído e após realizar toda imobilização da vitima que foi erguida pelo cabo de resgate e assim levada até a parte baixa de uma área aberta de campo onde foi repassado para uma ambulância da Prefeitura de São Domingos do Prata, e posteriormente encaminhado para o Hospital Margarida na Cidade de João Monlevade. De acordo com os Bombeiros, a vítima apresentava suspeita de fratura na clavícula e de traumatismo crânio-encefálico. As causas do acidente não foram relatadas.

Presos rendem agente e cinco fogem da cadeia de Nova Era


Cinco detentos fugiram da cadeia de Nova Era durante a madrugada deste domingo, 2 de agosto. De acordo com informações da Polícia Militar, eles renderam um agente penitenciário e conseguiram escapar. Dois deles, inclusive, fugiram na moto da própria vítima. Por enquanto, apenas um foi recapturado.

Escaparam da prisão: Edmilson Rodrigues de Oliveira, Delmar Paulo Gomes, Deivid Stanley Silva, Janerson Alexandre de Souza e Thiago Martins Costa. Segundo a PM, Deivid foi recapturado no fim da manhã, na BR-381.
A moto do agente penitenciário é uma CG Titan KS vermelha, placa KJQ-5608, de Barão de Cocais. Um dos fugitivos que estaria no veículo é Thiago Martins, conhecido como Tica. Ele foi preso recentemente, em Bela Vista de Minas e já era foragido de Teófilo Otoni.  

Há uma forte operação de cerco – bloqueio montada pela Polícia Militar de Nova Era e região. As buscas se concentram especialmente na BR – 381, sentido vale do Aço, para onde as informações dão conta de que seguiram os fugitivos.

Suspeito de tráfico é preso durante operação da PM em Nova Era

Uma operação desencadeada pelo comando do 5º Pelotão Especial de Polícia Militar, de Nova Era, nesta sexta-feira (31), prendeu um homem suspeito de tráfico de drogas no Bairro Colina.

Segundo informações, contra o suspeito,.identificado como “Janguim”, havia pelo menos cinco denúncias registradas pelo Disque Denúncia Unificado (DDU), que apontam o homem como um dos líderes do tráfico na região, além de aterrorizar os moradores. O autor já foi preso por receptação de celulares, possivelmente trocados por drogas, dentre outros crimes.

Ainda segundo a polícia havia relatos de que o autor utiliza uma motocicleta para o tráfico, no entanto o veículo não foi encontrado na casa dele. No quarto do suspeito os militares encontraram 03 pedras de crack, 01 bucha de maconha, 01 balança de precisão, uma lâmina de barbear que era usada para cortar drogas, uma quantia de R$47,10, saquinhos de chup-chup usados para embalar drogas, um cartucho intacto calibre .22 e outro deflagrado, 02 canivetes, 06 celulares, 01 pedra semi preciosa de quartzo, 03 pedras preciosas de ametista e um capacete de motociclista.

Durante o registro da ocorrência, o telefone do suspeito tocou e foi atendido por um dos policiais. Na ligação a pessoa perguntava se tinha chá, uma gíria usada por usuários de drogas em referência para pedir maconha. O autor recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

PM de Bela Vista de Minas encontra veículos desmanchados em mata

A Polícia Militar de Bela Vista de Minas encontrou, após denúncia anônima, dois veículos que estavam sendo desmanchados em meio a uma mata próxima da estrada de acesso à torre de transmissão de rádio, no Bairro Boa Esperança.

A ocorrência foi registrada por volta das 13h30. Segundo a denúncia, um elemento não identificado estaria mexendo nestes veículos. Uma guarnição policial foi até o local indicado na denúncia, onde os militares depararam com o veículo GM Chevette de cor azul, sem as placas de identificação e totalmente desmanchado. Pouco mais adiante havia um Fiat Uno de cor cinza, que também estava totalmente desmontado.

Em consulta ao sistema, a PM constatou que os veículos haviam sido furtados. Quando os militares se preparavam para deixar o local, perceberam a presença de um indivíduo em meio à mata, tentando se esconder. Ele estava armado com uma arma de fogo, tipo garrucha.

Os policiais tentaram surpreender o suspeito, que ao perceber a ação fugiu pulando de um barranco aproximadamente 3 metros de altura e sumiu em meio à vegetação, deixando para trás a arma de fogo e uma sacola contendo dois invólucros de plástico contendo chumbos para recarregar a arma. Os materiais foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.

Até o momento o suspeito não foi preso.

Viatura da Polícia Militar capota após se envolver em acidente no Bairro Novo Horizonte


Uma viatura da Polícia Militar de João Monlevade se envolveu em um acidente por volta das 0h30 deste sábado (1º), quando realizava patrulhamento pelo Bairro Novo Horizonte.

Segundo informações o veículo militar seguia pela Rua Treze de Maio, com o giroflex ligado e em velocidade de patrulhamento, quando no cruzamento com a Rua Alberto Scharle, teria sido atingido na traseira do lado esquerdo do veículo pelo Fiat, que estava na vias da esquerda.

O militar que conduzia a viatura alegou que o cruzamento não possui sinalização, portanto, tinha preferência de passagem uma vez que transitava pela direita da via. Com o impacto a viatura policial tombou na via.

Os dois militares, um cabo e um soldado tiveram ferimentos leves e foram levados ao Hospital Margarida, onde passaram por exames de raio-x.

A condutora do veículo, uma mulher de 35 anos, contou para a Polícia Militar que seguia pela Rua Alberto Scharle quando, de repente, foi surpreendida pela viatura policial. Ela disse que chegou a reduzir a velocidade do veículo, porém, não conseguiu evitar o acidente. A condutora do Fiat disse que não iria ressarcir os danos, pois iria aguardar o laudo da perícia. Uma testemunha que presenciou o acidente disse que ambos os veículos estavam em velocidade compatível com a pista.

A perita criminal Cristiane Sales, compareceu ao local e após colher informações que possam apontar as causas do acidente liberou o local para a remoção dos veículos acidentados. Um laudo técnico deverá ser emitido em 30 dias.

Ciclovia está sendo revitalizada

A Prefeitura de Monlevade, através da Secretaria de Serviços Urbanos, está revitalizando a ciclovia, localizada na avenida Wilson Alvarenga.

Primeiramente será pintada a faixa para em seguida recolocarem os tachões. O reparo está sendo feito a pedido do prefeito Teófilo Torres. “Está crescendo muito o número de pessoas praticando ciclismo. Queremos dar mais segurança para as pessoas utilizarem o local”, afirmou o prefeito.

150 militares concluíram nesta sexta-feira o Curso Especial de Formação de Sargentos em Ipatinga



O 14º Batalhão, em Ipatinga, realizou na manhã desta sexta-feira (31) a cerimônia de formatura do Curso Especial de Formação de Sargentos (CEFS-2015).

No total, 150 militares, 12 deles que atuam na 17ª Companhia de Polícia Militar Independente, de João Monlevade, receberam a nova divisa dos familiares que acompanharam todo o evento, também prestigiado por diversas autoridades da região.

Segundo o major Jayme Alves, comandante da 17ª Cia, os 12 militares estavam, no mínimo, há oito anos na função de Cabo e foram convocados para a realização do CEFS de 2015, que teve a duração de 100 dias.

O objetivo do curso, segundo ele, é de capacitar e habilitar os militares para atuarem nas funções inerentes ao cargo de sargento, tendo como base o policiamento comunitário e os Direitos Humanos. Disse ainda que os graduados da Companhia devem continuar nas mesmas cidades onde já atuavam como Cabos.

O Coronel Edvânio Rosa Carneiro, comandante da 12ª Região da Polícia Militar (12ª RPM), presidiu a solenidade. Ele estava acompanhado dos comandantes das unidades que compõem a 12ª RPM.

 O Chefe do Gabinete Militar do Governador, Coronel Helbert Figueiró de Lourdes, foi o paraninfo da turma. Ele passou parte da carreira, enquanto aspirante, no 14º Batalhão.

Os dois primeiros colocados no curso, o 3º Sargento Jeberson Luzia Mafra e 3º Sargento Carlos Geraldo Meireles, foram homenageados pelo Coronel Helbert Figueiró.

O Sargento Jeberson Luzia, além de ter sido classificado  em primeiro lugar no 14º Batalhão, também alcançou o segundo lugar geral do Estado, entre mais de 1.300 militares que concluíram o curso. 

Os novos sargentos desfilaram em continência ao Coronel Edvânio, e em homenagem ao paraninfo, Coronel Helbert Figueiró. No final, os sargentos participaram do tradicional fora de forma. 

Outras unidades do 14º Batalhão como a Cavalaria, o GATE (Grupo de Ações Táticas Especias), a ROCCA (Ronda Ostensivas Com Cães) e o grupamento do Choque, também desfilaram durante a cerimônia.






Em alguns bairros da cidade, crianças se arriscam e soltam pipas próximas da rede elétrica


Com a maior incidência de vento, os meses de julho e agosto são um convite para soltar pipa. Mas a brincadeira, que ainda seduz crianças, adolescentes e até adultos, oferece muitos perigos, que podem causar sérias lesões e até acidentes fatais.

O risco desse tipo de diversão nas ruas e próximos de rodovias, é que a brincadeira acaba atraindo toda a concentração da criança. O que acontece aqui no chão fica em segundo plano, o que interessa, está acontecendo lá no alto, no céu e ai, quando o foco volta aqui pra baixo, onde a atenção é o fundamental, pode ser tarde demais. O menino corre pra buscar a pipa que caiu do outro lado da rua e não se lembra daquela lição de que antes de atravessar a via é preciso olhar para os dois lados e prestar muita atenção.

Essa é uma situação muito comum no período de férias, principalmente em bairros que ficam nas partes mais altas da cidade. Já o perigo para motociclistas e ciclistas é quando se deparam com uma linha com cerol (uma mistura de pó de vidro e cola), o que é proibido, usado muitas vezes por crianças e até mesmo adultos para tornarem a brincadeira ainda mais “divertida”. Vários acidentes graves já foram registrados, onde as vítimas tiveram cortes profundos provocados por esse tipo de linha.

Para amenizar os riscos, uma alternativa para os motociclistas é o uso de antena corta-pipa, que impede que a linha, com cerol, atinja seu corpo. Já é comum ver pipas, ou pedaços delas, agarradas na fiação da rede elétrica e em postes em diversas ruas e bairros da cidade, um sinal de que a criança esteve perto de receber uma descarga elétrica.

Ítalo José Silva, 12 anos e Iury Martins, 11, aproveitam o período de férias escolares para se divertirem da maneira correta. Empinado pipa em local aberto, longe da rede elétrica e o mais importante, sem o uso de cerol na linha. “Não uso cerol porque sei que é perigoso e pode machucar as pessoas, além de colocar a minha vida em risco também. E sempre quando vejo uma moto ou bicicleta passando, procuro não deixar a linha na frente”, disse Ítalo apoiado pelo colega.

A Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), todo ano, faz alerta à população para evitar esse tipo de brincadeira perto da rede elétrica. É muito importante que os pais fiquem atentos à brincadeira de seus filhos para garantir tanto a segurança deles quanto a de pessoas que possam ser prejudicadas.

A orientação é para que a brincadeira seja realizada em áreas urbanas, em praças, campinhos, lugares abertos, sem fios elétricos e sem trânsito e sempre é bom lembrar as crianças de que a vida vale muito mais que uma pipa.

Moradores do Areia Preta realizaram novo protesto mas cumprindo determinação judicial que impedia o bloqueio da via

Os moradores do Bairro Areia Preta cumpriram a promessa de mais um manifesto, marcado para a tarde desta sexta-feira (31), na Avenida Getúlio Vargas, conforme anunciaram durante o ato da manhã da última terça-feira.

A manifestação teve início por volta das 14h com o tráfego para veículos sendo interrompido a cada três minutos, conforme acordado com o comando da Polícia Militar, que manteve quatro policiais do local, para garantir a segurança de manifestantes e usuário da via.

Agentes do SETRAN (Setor de Trânsito da Prefeitura) e o chefe do órgão Jorge Lial, também estiveram presentes para controlar o trânsito. Lial chegou a tentar impedir a manifestação, apresentando para a liderança uma liminar da Justiça que proibia o fechamento total da avenida.

Na decisão do juiz de direito David Pinter Cardoso, ele considera que o bloqueio completo da via pública poderia causar danos irreparáveis aos cidadãos que necessitassem ter acesso ao único hospital da região, incluindo acidentados da BR-381. Além disso, o bloqueio poderia causar danos irreparáveis à ArcelorMittal, visto que no local existe um alto forno, equipamento extremamente caro e que não pode ser desligado, devendo funcionar ininterruptamente. “O impedimento de que operários da Arcelormittal se dirijam ao trabalho poderia causar danos de grande monta a esta indústria...”, explica o documento.

Ainda em sua decisão, o juiz determinou que à Polícia Militar e agentes de trânsito municipais, fossem para o local e ficassem responsáveis por regular o trânsito, não permitindo que o mesmo fosse totalmente fechado. Caso houvesse o descumprimento da ordem judicial e das ordens dos agentes e policiais, os autores deveriam ser identificados e presos por delito de desobediência, sendo sujeitos ainda, ao pagamento de uma multa de R$ 5 mil.

O ato dos moradores vem crescendo e ganhando cada vez mais adeptos.

Diferente das manifestações anteriores, eles usaram nesta sexta-feira um carro de som do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de João Monlevade, onde líderes do movimento chamavam a atenção de que passava pelo local, com palavras de ordem contra a administração municipal. Além de faixas e cartazes com frases de repúdio aos gastos públicos com a Cavalgada (que acontece no mês de agosto na cidade); e com a obra que vem sendo realizada na Avenida Alberto Lima e os passeios públicos que foram construídos no bairro até próximo da cratera, eles usavam também narizes de palhaço e apito.

Nesta quinta-feira (30), o Setran reforçou a sinalização da cratera, aberta a mais de um ano e meio em função das fortes chuvas que caíram sobre a região em dezembro de 2013. Para os moradores, o reforço na sinalização é um forte indício de que a obra de recuperação do local, não será feita tão cedo.

Diante disso eles planejam mais uma manifestação para a próxima quarta-feira (5), em frente à Câmara Municipal, quando o Legislativo volta às atividades após o recesso parlamentar de julho.

O major Jayme Alves, comandante da Polícia Militar na cidade pediu cautela aos manifestantes quanto ao uso dos microfones, para que não desacatassem os agentes de trânsito, não ofendessem motoristas e pedestres que passassem pelo local. “Não quero ter o desprazer de agir contra pessoas de bem. Sei que os moradores se preocupam, aliás, não tenho dúvidas de que todos nós estamos preocupados, porque também sou morador desta cidade que aprendi a amar e quero continuar aqui por muitos e muitos anos. Precisamos ter calma e buscar soluções. Mas por favor, peço aos moradores que acatem o que for determinado”, disse o oficial para à nossa reportagem.

Segundo o major Jayme, “a Polícia Militar cumpriu a determinação judicial, que se assemelha ao que já vinha sendo feito, ou seja, parando por alguns minutos e liberando em seguida”.


Reunião adiada 

 Uma reunião que havia sido agendada para a manhã desta sexta-feira (31), entre a prefeito Teófilo Torres (PSDB) e a ArcelorMittal, para um entendimento de uma possível ajuda da empresa para a realização da obra, não aconteceu. O encontro foi adiado pelo prefeito.

Em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, ela informou que a reunião foi desmarcada porque o Executivo pediu à Consmar Engenharia de Belo Horizonte, vencedora da licitação para execução da obra, para que fizesse um ajuste no projeto visando uma redução maior no valor total do serviço.

A Consmar Engenharia, segundo a assessoria, não entregou o novo projeto até quinta-feira (30), conforme combinado, para que o prefeito pudesse apresentar nesta sexta-feira para a ArcelorMittal.

Ainda segundo a assessoria uma nova data deverá ser agendada para a semana que vem, no entanto, não poderia afirmar com exatidão em qual dia, uma vez que o prefeito depende do projeto, com o reajuste, para ser apresentado à Arcelor.

Justiça quer tirar site que divulga dados pessoais de brasileiros do ar

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) ingressou na Justiça Federal com um pedido para retirar do ar o site “tudosobretodos.se”, que fornece ilegalmente informações particulares de cidadãos brasileiros, como endereço, CPF, nome de vizinhos, entre outros dados.

A ação cautelar com pedido de liminar é de autoria do procurador da República Kleber Martins.E ntre os pedidos do MPF à Justiça, estão um requerimento para que empresas brasileiras de internet não permitam o acesso ao endereço eletrônico, além de uma solicitação ao Reino da Suécia, via Ministério da Justiça, para que retire do ar o “tudosobretodos.se”, tendo em vista que o site possui domínio naquele país europeu. A medida adotada é apenas o primeiro resultado da investigação iniciada há menos de uma semana.

A apuração do caso continua e novas ações judiciais poderão ser adotadas. Na última sexta-feira (24), o MPF do RN já tinha determinado a análise criminal e civil do site.

Com um tiro no peito, militar comete suicídio em Rio Piracicaba

Um policial militar lotado na 17ª Companhia de Polícia Militar Independente, que atuava no 6º Pelotão da PM, em Rio Piracicaba foi encontrado baleado dentro da casa dele na Rua José Batista Leite, no centro da cidade, por volta das 19h da noite de ontem (28).

 Segundo informações a mãe da vítima, o soldado Thiago Ferreira Martins, teria recebido uma ligação do filho dizendo que a amava em tom de despedida. Como a mulher mora em Alvinópolis, ela fez contato com militares de Rio Piracicaba temendo que Thiago estivesse planejando algo. Disse também que uma amiga do filho, teria recebido uma mensagem via rede social WhatsApp, em que Thiago se despedia. A suspeita é que ele tenha cometido autoextermínio.

Uma viatura policial foi até a casa do militar e, durante o trajeto, tentaram fazer contato com o colega, no entanto sem êxito. Já na porta da casa da vítima, os colegas chamaram por Thiago, momento que ouviram gemidos, vindos do interior da residência, como se alguém estivesse ferido. Como a casa estava trancada, os militares forçaram uma das janelas e avistaram Thiago ferido sobre o sofá da sala, apresentando um intenso sangramento no peito, ainda com os sinais vitais. Ele foi socorrido pelos colegas até o Hospital Júlia Kubitschek, mas não resistiu ao ferimento e morreu ao dar entrada na unidade de saúde.

Ainda segundo informações, a porta da sala estava trancada por uma trava de segurança, o que demonstra que somente a vítima poderia trancá-la, aumentando a suspeita de suicídio. A arma calibre .40, que pertence a Polícia Militar, foi encontrada debaixo de uma das mãos de Thiago, voltada para o corpo dele.

Dentro do quarto da vítima, foram encontradas fotos jogadas no chão, uma televisão e um espelho quebrados. A perita Karina Martins da Costa, da Polícia Civil de João Monlevade compareceu ao local e recolheu duas cápsulas deflagradas calibre .40 e um celular da vítima.

A perícia constatou ainda, um pequeno furo no forro de madeira da sala, provocado por um dos disparos efetuado por Thiago.

O corpo do militar foi encaminhado para o necrotério do Cemitério do Baú, em João Monlevade, e após ser submetido a exames de necropsia, foi liberado. Ele foi levado para cidade de Alvinópolis e o sepultamento ocorre às 09h da manhã desta quinta-feira (30), no cemitério da cidade de Dom Silvério.

Justiça do Trabalho promove leilão em João Monlevade

A Justiça do Trabalho de João Monlevade em conjunto com a leiloeira oficial Thaís Costa Bastos realizam leilão presencial e eletrônico na próxima quarta-feira (5), a partir das 14h, na Justiça do Trabalho e com lances online de qualquer lugar do país, pelo site www.leiloesjudiciaismg.com.br.

No evento, serão leiloados imóveis comerciais, localizados em João Monlevade, veículos e outros bens. Interessados podem obter informações mais detalhadas pelo site www.leiloesjudiciaismg.com.br ou então pelo 0800-707-9272.

Entre os bens que irão a leilão está o galpão da empresa Leili Eletro Refrigeração Ltda, situado na avenida Wilson Alvarenga, nº 50. O imóvel está avaliado em R$2,3 milhões. Esta é a quarta vez que o galpão vai a leilão para pagamento de dívidas trabalhistas. Nas três primeiras tentativas não houve interessados e o bem não foi arrematado.

A empresa decretou falência e fechou as portas em novembro de 2013. A Leili prestava serviços à ArcelorMittal Monlevade e grande parte de seus funcionários foi contratada pela empresa Manserv, que a venceu em concorrência para prestar serviços à ArcelorMittal em João Monlevade.

Powered by Blogger