bloqueador --> bloqueador

PM aprende cédulas de R$50 e R$100,00 falsas que eram trocadas no comércio

Rômulo de Castro Marcelino as Silva, 21, foi preso pela Polícia Militar de Barão de Cocais e outros três menores de 16 anos, apreendidos suspeitos de repassarem notas falsas no comércio local.

A ocorrência foi registrada por volta das 12h35 desta terça-feira (5), na Rua Luiz Augusto Dias. Com eles a polícia apreendeu diversas cédulas de R$50 e R$100,00 falsificadas, que apresentavam a mesma numeração. A polícia chegou até os autores após eles terem comprado um interruptor elétrico em um depósito, no valor de R$6,00 e pago com uma nota de R$50,00. Após deixarem local, o proprietário descobriu a fraude e acionou a polícia, que montou um cerco policial. Os autores foram localizados em um veículo Celta de cor preta.

Durante a busca pessoal, no bolso da calça de Rômulo de Castro, os policiais encontraram outras duas notas de R$50,00 falsas, e com um dos menores, outras três cédulas do mesmo valor também falsificadas.

No interior do veículo foram encontradas no banco do carona e banco traseiro, diversas cédulas com a mesma numeração, também falsificadas. Segundo a polícia, os autores confessaram que repassaram a nota de R$ 50, 00 no depósito, bem como em outros diversos estabelecimentos comerciais na região de Barão de Cocais. Pelo menos três comerciantes no Distrito de Cocais e dois em Barão de Cocais, foram vítimas dos falsários.

Os autores confessaram ainda que se revezavam nas ações, ou seja, ora um passava uma nota em determinado comércio ora outro, havendo repetição na ação somente quando não era conseguida a passagem de alguma nota em certo comércio. Informaram ainda que estariam espalhando notas falsas na região há pelo menos duas semanas, e que o dinheiro falso era intermediado por um elemento conhecido como “Alan Henrique”, que mora no bairro Campestre em Itabira. Autor e os infratores receberam respectivamente voz de prisão e apreensão e foram conduzidos para a delegacia de polícia local para prestarem esclarecimentos.

O veículo utilizado pelos infratores foi apreendido e rebocado para o para pátio credenciado. A polícia apreendeu ainda 35 notas de R$ 50,00 e uma nota de R$ 100,00, todas falsas, e uma quantia de R$ 460,00 em troco recebido dos estabelecimentos comercias em notas diversas.

Acidente grave na BR-381 deixa um morto em João Monlevade


A Polícia Rodoviária Federal (PRF), de João Monlevade, registrou um acidente grave por volta das 09h30 desta terça-feira (5), no km 364 da BR-381, próximo ao trecho conhecido como “Cascata”. Segundo informações o condutor da carreta Iveco placa MQZ-9768 de Cariacica (ES), que não quis se identificar perdeu o controle da direção do veículo ao sair de uma curva.

A carreta deu um “L” e atravessou na pista, vindo a atingir o veículo Citroen/Jumper placa PUR-9855 de Divinópolis, que era conduzido por João Batista da Cunha Júnior, 45.

Com o impacto o veículo capotou caindo sobre a pista totalmente destruído. João Batista ficou preso nas ferragens do veículo e morreu no local. Izaíldo Bispo Machado Júnior, 38, também teve seu veículo envolvido na colisão e jogado para fora da pista. Ele saiu ileso do acidente e contou que conduzia o GM/Monza placa GNJ-0429 de Belo Horizonte, sentido João Monlevade, quando o condutor do Citroen piscou o farol pedindo passagem. Ele encostou e logo a frente houve a tragédia.

De acordo com a PRF quando chegou ao local, deparou com populares saqueando a carga de roupas que eram transportadas pelo veículo utilitário. Um homem que estava próximo ao acidente em uma moto, suspeito de participar do saque, teve seu veículo apreendido por estar com a documentação irregular.

A perícia técnica da Polícia Civil de Itabira foi acionada e recolheu o disco do tacógrafo da carreta, a suspeita é que a carreta estava em alta velocidade. Após colher informações que possam apontar as causas do acidente, o corpo da vítima foi removido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), de Itabira.

A PRF informou que chovia no momento e a pista molhada, aliada ao excesso de velocidade, podem ter contribuído com o acidente.

Mulher é assassinada a tiros em João Monlevade enquanto amamentava o filho de 2 anos

Uma mulher foi assassinada com pelo menos três tiros em João Monlevade durante a madrugada desta terça-feira (05) abril.

O crime ocorreu por volta de 1h10 na Rua Equador no Bairro Petrópolis.

Segundo a Polícia Militar a vítima Marcela Batista dos Santos, 22 anos, foi encontrada morta dentro de um quarto na casa dela.

Testemunhas contaram que foram acordadas por alguém batendo violentamente na porta da residência, perguntando se Marcela morava ali. Assim que ouviram a voz da vítima, os autores arrombaram a porta e foram até o quarto onde as testemunhas estavam e ordenaram que ficassem quietas pois só queriam Marcela.

Ainda segundo testemunhas, Marcela implorava aos marginais para não fosse morta, quando foram ouvidos três disparos de arma de fogo. Ela foi encontrada caída, já sem vida. No momento dos disparos, a vítima estava com sua filha de apenas dois anos e nove meses no colo a alimentando com uma mamadeira.

Outras três crianças também estavam na casa no momento do crime.

Ainda segundo testemunhas, não sabem os motivos do crime, apenas que no último domingo a vítima teria pego uma pego uma carona com um conhecido dela, onde teria pedido para que não dissesse para um homem (que não teve a identidade revelada para não atrapalhar as investigações), que ela estava na cidade.

O perito Célio Augusto de Lima, da Polícia Civil de João Monlevade compareceu ao local e constatou que a vítima foi alvejada com dois tiros, sendo um no ombro direito e outro na testa. Um dos disparos atingiu a parede do quarto. Após os trabalhos do perito o corpo foi removido e encaminhado para o IML.

A polícia levantou informações que eram dois homens e que um deles era moreno, baixo e usava uma blusa preta com capuz.

Os dois aparelhos celulares da vitima foram levados pelos autores que evadiram a pé. Foi realizado intenso rastreamento pelas viaturas porém nenhum suspeito foi preso.

Polícia Civil volta a emitir Carteira de Identidade

O Delegado Regional, João Octacilio da Silva Neto,  da 4.ª Delegacia Regional de Polícia Civil, comunica aos cidadãos de João Monlevade que o serviço de emissão de Carteiras de Identidade voltará a funcionar a partir do próximo dia 08/05/15, sexta-feira. Semanalmente, serão disponibilizadas 60 (sessenta) senhas para atendimentos, que serão agendados para a semana subsequente.

Qualquer dúvida poderá ser esclarecida pessoalmente no Posto de Identificação, localizado na Rua Orozimbo Mamede, n.º 155, Bairro Rosário. Para o agendamento será necessária a apresentação do original da Certidão de Nascimento ou de Casamento e, em caso de 2.ª via, o RG antigo ou Boletim de Ocorrência noticiando o extravio do mesmo. Por fim, informa que a emissão da 1.ª via do RG é gratuita. Para a expedição da 2.ª via é cobrada uma taxa de R$ 27,23 (vinte e sete reais e vinte e três centavos), via DAE.

Solenidade na Câmara de Monlevade é marcada por discursos enaltecendo o trabalhador



A Câmara Municipal realizou na última quarta-feira, dia 29, sessão solene em comemoração ao aniversário de 51 anos de João Monlevade. Na oportunidade, foram entregues diplomas de Operário do Ano. A solenidade foi marcada por discursos enaltecendo o trabalhador. O evento foi comandado pelo presidente da Casa, vereador Djalma Bastos (PSD).

Apenas o vereador Belmar Diniz (PT) não compareceu e justificou ausência. Também participaram da solenidade o prefeito Teófilo Torres (PSDB); o comandante da 17ª Cia. Independente de Polícia Militar, major Jayme Alves da Silva; o delegado Bernardo de Barros Machado, representando a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil; as secretárias municipais de Administração, Maria Elisa Bicalho, e de Saúde, Andréa Peixoto; o diretor geral do Departamento de Águas e Esgotos (DAE), Cleres Roberto de Souza; servidores municipais e representantes de empresas entidades locais. Durante a solenidade, foram entregues 40 diplomas de Operário do Ano a funcionários de empresas e entidades de Monlevade.

A iniciativa é de autoria do ex-vereador João Bosco Pascoal, por meio da Resolução nº 11/1986. Entre os homenageados, esteve a funcionária do Legislativo, Ana Paula Cota Moreira, chefe de Recursos Humanos. Ela recebeu o diploma das mãos dos vereadores. Em seu discurso, o presidente Djalma Bastos destacou a importância de cada trabalhador para o desenvolvimento de João Monlevade. “João Monlevade completa 51 anos de emancipação. Apesar de ser uma cidade jovem, muitas já foram as conquistas alcançadas até aqui. E cada um de vocês, homenageados, é parte fundamental na história de nosso município. E nada mais sensato do que estarmos aqui hoje para prestar a vocês esta simples homenagem, mas de grande valia para João Monlevade”, destacou. Além disso, Djalma afirmou que a Câmara está de portas abertas para discutir junto à população propostas que visem ao desenvolvimento contínuo do município. “Queremos discutir junto aos monlevadenses sugestões de melhoria para a nossa cidade.

Somente através do diálogo podemos ir além”, ressaltou. Já o prefeito Teófilo Torres apontou o trabalho realizado pela Prefeitura nesses dois anos e meio de governo. “Estamos trabalhando com determinação para oferecermos à população uma João Monlevade cada vez melhor. Nosso principal objetivo é trabalhar mais e melhor para garantir a satisfação de cada monlevadense. Vamos continuar lutando para que nossa cidade cresça cada dia mais”, declarou. Os vereadores também parabenizaram João Monlevade pelos 51 anos de uma jovem e importante história e enalteceram os homenageados pela contribuição de cada um no desenvolvimento do município.

Hasteamento

 Pela manhã, o presidente Djalma Bastos participou do hasteamento de bandeiras na Prefeitura. O prefeito Teófilo Torres e o comandante da Polícia Militar, major Jayme Alves da Silva, também participaram do momento cívico. A solenidade contou com a presença do vice-prefeito, Railton Franklin Silva; de secretários municipais, servidores públicos e dos vereadores Carlos Gomes (PSB), Leles Pontes (PRB), Pastor Carlinhos (PV) e Sinval Dias (PSDB).

Casa de Cultura abre inscrições para oficina de "Toalhas bordadas com fitas"

Neste mês de maio, a Fundação Casa de Cultura oferecerá à comunidade monlevadense a oficina de artesanato toalhas bordadas com fitas. Interessados em participar deverão se inscrever nos dias 5, 7 e 8 de maio, de 8 às 17 horas, e no dia 6 de maio, de 8 às 11 horas, na Casa de Cultura, quando escolherão o melhor dia/turno para as aulas e receberão a lista de materiais necessários.

A oficina é gratuita e atenderá a 48 pessoas, destinando-se a crianças, jovens e adultos interessados no fazer artístico, a partir de oito anos de idade. As aulas terão início na próxima semana e ocorrerão uma vez por semana, durante três semanas, nos turnos matutino, vespertino e noturno. Cada aula terá duração de três horas e, durante as oficinas, será confeccionada uma toalha de rosto bordada com fitas, linhas e pedrarias, sendo do aluno a responsabilidade pelo material que será utilizado.

A Oficina de Toalhas Bordadas com Fitas integra o Projeto Artesanias, que ocorre mensalmente na Casa de Cultura, oferecendo oficinas de artesanato e reuso de materiais para crianças, jovens e adultos de João Monlevade. Neste ano, a Casa de Cultura já realizou oficinas de confecção de blocos de anotações, caleidoscópio e bonecas de pano. A oficina será ministrada pela artesã Alesandra Alves. Mais informações podem ser obtidas na Fundação Casa de Cultura.

Supermercado é assaltado em São Gonçalo do Rio Abaixo

Um supermercado que fica na Rua São Vicente, em São Gonçalo do Rio Abaixo, foi assaltado na tarde de sábado (2). Segundo a vítima de 18 anos de idade, ela estava no caixa do estabelecimento quando aproximou uma moto Honda XRE 300 de cor preta com dois ocupantes. Neste momento, o passageiro desembarcou já de arma em punho, aparentando ser um revolver oxidado, com capacete na cabeça e anunciou o assalto roubando uma quantia aproximada de R$1.000,00. Após o crime os marginais fugiram na motocicleta, tomando rumo ignorado. Toda a ação dos assaltantes foi registrada pelo circuito interno do estabelecimento e as imagens foram entregues para a Polícia Civil que ficará a cargo de investigar o caso. Até o momento nenhum suspeito foi preso.

Policiais surpreendem motorista furtando combustíveis de um caminhão tanque

Uma equipe da Polícia Rodoviária Militar (PMRv), por volta das 16h30 desta quinta-feira (30), durante operação “Carga Pesada”, deparou com dois caminhões tanques com a logomarca da empresa Petrobras estacionado às margens da rodovia estadual MGC-120, no km 475 em Nova Era, em atitude suspeita, bem próximo a um matagal.

Ao aproximarem, os policiais deparamos com o condutor Jose Geraldo Rosa Pereira, 52 anos, do caminhão Volvo/VNM 260 6x2R placas GVQ 7156, retirando combustível que transportava e virando no tanque do próprio caminhão.

Ao perceber a aproximação dos militares, José Geraldo jogou os objetos no mato para tentar se livrar, sendo impedido pela guarnição policial. Próximo ao seu caminhão havia um galão de 20 litros de combustível cheio e na caixa de ferramenta mais três galões também com combustível.

O caminhoneiro recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado para a Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Mulher é assaltada no Bairro Paineiras

Uma mulher foi assaltada por volta das 22h desta quinta-feira (30), quando caminhava pela Avenida Alberto Pereira Lima, no Bairro Paineiras. A mulher de 27 anos contou para a PM que foi abordada por um homem moreno, trajando blusa preta, calça jeans e boné escuro, que levantou a blusa e mostrou uma arma de fogo.

 Desesperada a vítima tentou correr, mas foi impedida pelo autor que sacou a arma e exigiu que entregasse o celular e dinheiro. Após a ação criminosa o marginal fugiu a pé levando o celular e uma quantia de R$50,00 da vítima, em direção ao Bairro Nova Esperança.

Homem é assassinado no Bairro Cruzeiro Celeste e uma mulher baleada

Um homem foi assassinado com um tiro na cabeça e uma mulher baleada três vezes, por volta das 05h20 desta sexta-feira (1º), na Rua Itambacuri, no Bairro Cruzeiro Celeste, em João Monlevade.

Segundo a Polícia Militar a vítima, Tadeu Magelo da Silva, 36, foi encontrada morta com um tiro no olho esquerdo e Cíntia Ribeiro Guimarães, 35, ensanguentada pedindo socorro, com lesões aparentemente provocadas por arma de fogo.

Ela foi levada ao Hospital Margarida por uma viatura policial. Durante atendimento médico foram constatadas três perfurações provocadas por disparos de arma de fogo, sendo uma na mão direita, uma no ombro esquerdo e uma de raspão na cabeça. Segundo a unidade de saúde, ela não apresentava risco de morte.

De acordo com a polícia, a mulher não conseguiu responder as perguntas sobre quem teria efetuado os disparos dentro da casa.

 O perito Célio Augusto de Lima, da Polícia Civil compareceu ao local e recolheu três projéteis deflagrados de arma de fogo. No local a polícia conseguiu apurar que no dia 28 de abril, Cíntia e Tadeu tiveram uma discussão e que no dia seguinte, ele deixou a casa com ajuda de uma mulher e que por isso, Cíntia teria o ameaçado de morte, dizendo que “se não ficasse com ela, iria matá-lo”.

Ainda segundo relatos de vizinhos para a polícia, por volta de 05h20 da manhã, ouviram batidas fortes na porta e após cinco minutos ouviram Cíntia gritar pedindo por socorro, porém não ouviram disparos de arma de fogo, nem discussões ou vozes que denunciassem a presença de outras pessoas. Após os trabalhos da perícia, o corpo de Tadeu foi removido e levado para o necrotério do cemitério do Bairro Baú.

O caso será investigado pela Divisão de Homicídios da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de João.

Autor tenta roubar moto no Bairro Loanda e foge sem levar nada

Por volta das 23h50 desta quinta-feira (30), a Polícia Militar de João Monlevade registrou uma tentativa de roubo, com disparo de arma de fogo, próximo de uma bar na Avenida Isaac Cassemiro Gomes, no Bairro Loanda.

Militares compareceram ao local, onde em contato com a vítima de 27 anos, contou que estava no bar na companhia de amigos, quando de repente chegou um elemento moreno, trajando jaqueta marrom, calça jeans e calçando tênis laranja, portando uma arma de fogo aparentando ser um revólver.

O marginal anunciou o assalto e exigiu que a vítima entregasse a chave de sua motocicleta Honda/CB300, que encontrava-se estacionada a alguns metros de distância. A vítima entregou as chaves ao marginal, porém ele não conseguiu dar partida no veículo e fugiu a pé em direção ao bairro Cruzeiro Celeste, levando as chaves da moto.

A polícia realizou intenso rastreamento, porém o autor não foi encontrado.

Polícia Militar recupera Honda/Hornet roubada em João Monlevade

Um homem foi preso e dois menores de 16 e 17 anos de idade apreendidos, de posse de uma motocicleta roubada. Denúncias anônimas, via 190, levaram a Polícia Militar até a casa do menor de 17 anos, onde poderia estar escondida a moto Honda/Hornet placa HDL-4456 de João Monlevade, que havia sido tomada de assalto no Bairro Areia Preta na noite da última terça-feira (28).

Em conversa com o menor, ele acabou confessando que a moto roubada estava em poder do menor de 16 anos, que por sua vez disse que o veículo estava em outro local em poder de outro elemento. De posse das informações, uma viatura Tático Móvel da Polícia Militar foi ao local indicado onde os militares foram informados que realmente, o menor de 16 anos havia pedido para que ele guardasse a moto lá até dia seguinte, pois estava indo para a cavalgada de carona.

 O menor de 17 anos contou para a polícia que o roubo foi efetuado pelo seu colega de 16 anos, que acabou confessando o crime e entregou aos militares a arma de fogo, uma garrucha calibre .38, que foi usada no crime. O menor contou ainda que no dia seguinte ao roubo, juntamente com o autor Stefan Ives de Jesus Azevedo Reis, 27, realizaram na residência de Stefan a pintura daa motocicleta na cor preta, trocaram a placa e rasparam a numeração do chassi.

Os militares foram até à residência de Stefan, onde a mãe dele contou que a moto foi realmente pintada e que eles usaram a garagem para fazer o serviço. No local a guarnição encontrou uma lata de tinta spray cor preta, que foi apreendida. A mulher contou ainda que seu filho havia saído em direção à Rua Alumínio, momentos antes da chegada dos militares.

Os policias foram até o local onde o autor poderia estar e lá encontraram a moto atrás da residência coberta por um lençol. Durante rastreamento os policiais localizaram Stefan conduzindo o veículo VW/Parati placa GSP-2979. Ele foi abordado e confirmou que havia pintado a motocicleta juntamente com o menor.

 Segundo a polícia os dois menores estavam juntos no assalto e arma utilizada e os autores, foram reconhecidos pelas vítimas. Os três autores foram levados para a Delegacia de Polícia Civil e apresentados ao delegado de plantão.

Powered by Blogger